Savegnago Supermercados inaugura em Araras a 41ª da rede

Na sequência de seu plano de expansão, o Savegnago Supermercados inaugurará a sua primeira loja na cidade de Araras/SP, no dia 13 de dezembro, com abertura para o público às 10h. Esta será a 41ª unidade da empresa e a última loja inaugurada durante o ano de 2017. A rede também levará para o município o segundo Centro de Distribuição da empresa, com inauguração prevista para 2018.

A loja em Araras contou com investimentos de R$ 15 milhões e vai gerar 230 empregos diretos na cidade. A área construída é de oito mil metros quadrados, dos quais 2.080 são de área de venda. O estacionamento conta com 198 vagas. No interior da unidade são 22 pontos de checkout’s e mais 4 self-checkout – sistema em que o consumidor pode realizar sozinho o procedimento de registro e pagamento dos produtos.

Além disso, a loja – com sistema de refrigeração e iluminação moderno e decoração personalizada em homenagem à cidade – conta ainda com ampla adega com mais de 300 rótulos internacionais e nacionais; mix de produtos naturais e saudáveis; açougue com garantia de procedência que segue as exigências especificadas pelos órgãos responsáveis; setor de hortifruti e hortaliças que são abastecidos diariamente, entre outros.

Em 2018, a rede Savegnago inaugurará três lojas em Campinas e a terceira unidade na cidade de Araraquara.

Procura por cestas natalinas aumentam comparado a 2016, avaliam supermercados

A previsão dos comerciantes é do aumento em mais de 20% nas cestas de Natal, em relação ao ano passado

Por Gilmar Pinato Da Redação

A procura porcestas com produtos natalinos nos supermercados de Dracena está maior neste ano, comparado a 2016. De acordo com as empresas consultadas pela reportagem as vendas apresentam reação com previsão de superarem em mais de 20% em relação ao Natal do ano passado.

O gerente do supermercados Ikeda, Olair Mantovanelli, informa que empresas já começaram as encomendas das cestas. “Está aumentando em mais de 20% em relação ao ano passado” confirma, acrescentando que os preços variam de R$ 60, R$ 100 e R$ 120.

A mais em conta de R$ 60, tem de 13 a 15 itens, como panetone, espumante, chocolates (bombom), vinho, castanha, balas e azeitonas. Já as de R$ 100 a R$ 120, o cliente pode optar pelositens, desde os tradicionais ao chester, peru , tender, frango, entre outros.

“Estamos confiantes que as vendasdas cestas e dos demais produtos de Natal serão melhores neste ano, a exemplo dos panetones que as famílias já estão comprando”, analisa o gerente.

A mesma avaliação tem o fiscal do supermercado Troyano Mais, Gabriel de Brito. Ele prevê que as vendas dascestas de Natal também aumentem em mais de 20% neste ano. Os preços variam de R$ 70, R$ 77, em cestas com 22 itens e a mais completa, custa R$ 119. “Empresas da cidade já estão fazendo os pedidos”, informa.

Rede do interior paulista inaugura 16 atacarejos em 2017

A disputa no setor supermercadista ganhou força nos últimos quatro anos. O cenário econômico do país leva cada vez mais famílias aos atacadistas que também vendem no varejo.

O crescimento do setor, em média 14% ao ano, é de fazer inveja a qualquer empresário que vivencia os efeitos da crise no varejo brasileiro. Em 2016, as atadistas movimentaram R$ 250 bilhões no país.

A pesquisa mais recente sobre o tema, conduzida pela consultoria Nielsen e divulgada em março, mostra que as vendas nos atacarejos cresceram 12,1% em 2016, contra uma retração de 1% no movimento dos hipermercados no mesmo período. Não é à toa que o Spani, do grupo Zaragoza, do Vale do Paraíba, aproveitou o momento para colocar em prática o maior plano de expansão da rede, que hoje, acumula 25 lojas – das quais, 16 foram inauguradas este ano.

Além da maior disposição dos brasileiros para fazer compras em atacarejos, a crise também abriu melhores oportunidades para negociar descontos no aluguel de imóveis. Cidades como Americana, Bragança Paulista, Marília e Bauru foram as últimas do interior paulista a receber unidades da bandeira, que começou sua operação em 2003, com lojas em São José dos Campos, Cruzeiro e Taubaté.

Na última semana, foi a vez de Rio Claro, a 175 quilômetros da capital, conhecer a nova loja da rede. Um investimento de R$ 14 milhões, que levou 180 empregos diretos para a região. A inauguração faz parte da nova fase do planejamento de expansão do Spani, que projeta novas lojas num raio de 200 quilômetros da região de Campinas.

Os estudos de potencial de consumo, a disponibilidade de terrenos e imóveis e as negociações obtidas apontam o interior como o melhor investimento a ser feito, de acordo com Flavio Almeida, diretor comercial do grupo.

Se na capital, o desconto médio oferecido para o aluguel no primeiro semestre, foi de 10% sobre o preço anunciado, em cidades menores, esse valor caiu até 30%. Bairros da capital e cidades da grande São Paulo também estão no alvo. Já há lojas em Mauá, Diadema, Guarulhos e no bairro do Butantã, na capital. Nos próximos anos, a expectativa é manter pelo menos seis inaugurações por ano.

Em 2017, a empresa desembolsou R$ 200 milhões com novas lojas, que já registram um volume de vendas 34% superior ao do ano passado. Já o faturamento, que chegou a R$ 1,9 bilhão em 2016, tem apresentado uma alta anual de 8% em cada unidade. A meta é fechar 2017 com R$ 2,2 bilhões para em 2018 alcançar o primeiro trilhão. E embora pareça que 2017 tenha sido um ano fácil, Almeida afirma que não. Durante anos, eles tiveram sua capacidade de expansão represada. “O mesmo grupo que levou mais de uma década para levantar nove lojas, assumiu uma expansão ambiciosa em um ano. Mas, era agora ou nunca”, diz.

Com a economia desaquecida, os descontos oferecidos pelas indústrias nas negociações tiveram variações de até 10%. Os prazos de pagamento também aumentaram, chegando a até 90 dias. Além disso, o volume de vendas aumentou exponencialmente, com a chegada das famílias. Para se destacar da concorrência e fidelizar a nova clientela, o atacado de autosserviço aposta em prateleiras mais organizadas que a de seus grandes concorrentes, como o Assaí Atacadista, bandeira do Grupo Pão de Açúcar, e Roldão.

Também há ampla variedade de marcas para um mesmo produto, além da seção de vinhos importados e embutidos e o serviço de açougue. São mais de 40 mil itens em exposição. A ideia é manter os preços mais baixos para o varejo – entre 6% e 8% mais baratos que os de supermercados – dentro de uma loja mais agradável. O layout envolve serviços para fatiar frios e carnes e lojas bem limpas e desobstruídas, sem caixas e pallets, como é comum entre as atacadistas.

Outra providência importante é o número de caixas a disposição do cliente para evitar filas, mesmo em datas como Natal e Carnaval. Outro dado importante para a expansão da rede é que a operação teve início ao redor da cidade de São José dos Campos. A cidade sustenta uma das mais elevadas rendas per capita do país (R$ 1,2 mil), cerca de 50% acima da média nacional.

O alto padrão de renda somado a oferta de empregos na região levaram Cleber Gomez a fundar a empresa, que hoje, figura entre as 20 principais redes do varejo de alimentos, segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Sem nenhuma participação de sócios ou investimento de outros países, o grupo também é dono de quatro lojas das bandeiras Villareal Supermercados (duas em São José dos Campos, uma em Taubaté e uma em Cruzeiro) voltado para o consumidor final das classes A e B, do Vale do Paraíba.

Jaú Serve abre hoje sua primeira loja em Araras

9 de dezembro de 2017 Tiago Penteado

Supermercado será aberto neste sábado (9) na Rua Tiradentes, Centro A rede de supermercados Jaú Serve abre hoje (9), às 9h, sua primeira loja… Compartilhe em suas redes sociais!

A rede de supermercados Jaú Serve abre hoje (9), às 9h, sua primeira loja em Araras que funcionará na esquina das ruas Tiradentes e 7 de Setembro, onde por anos funcionou a extinta rede Tiradentes. De acordo com assessoria de comunicação da rede os clientes contarão com seções de mercearia, carnes, frios, laticínios, hortifruti, confeitaria e rotisserie em 1.000m².

Internamente, a unidade começou a receber as primeiras adaptações e que prosseguirão pelas próximas semanas até alcançar 100% o padrão Jaú Serve. Hoje a unidade abrirá com a bandeira e com presença dos diretores Rafael Gonçalves e Jerusa Silva, além do acionista representando o Conselho de Gestão da Empresa, José Doniseti Vieira.

O destaque para a loja ararense é a rotisserie que contará com várias opções de refeições prontas para levar como marmitex, prato executivo, prato soft, entre outras opções embaladas em porções. Todas preparadas diariamente com produtos frescos.

A filial contará com sete check-outs e dois self check-out para os clientes que desejarem ter total autonomia para realizar as suas compras. Nele, além dos clientes poderem passar seus produtos, também poderão realizar a operação de pagamento, através de cartões de crédito ou dinheiro em cédulas ou moedas. A loja vai funcionar de segunda a sábado, das 8h às 19h30, e domingos e feriados das 8h às 13h.

Rede nasceu na cidade de Jaú

O supermercados Jaú Serve foi fundado em 10 de outubro de 1964 e sua primeira loja era localizada na Rua Humaitá n.º 776, na cidade de Jaú, com 400 m², três checkouts, três máquinas registradoras e 15 funcionários. A sociedade era constituída pelo seu fundador João Sanzovo, filhos e genros.

Atualmente a rede possui 4.392 colaboradores diretos, 41.920 m² de área de vendas distribuídas em 35 lojas em 15 municípios: Araras, Araraquara, Avaré, Barra Bonita, Botucatu, Descalvado, Ibitinga, Jaú, Leme, Lençóis Paulista, Pederneiras, Piracicaba, Pirassununga, São Carlos e São Manuel, e negocia cerca de 13.000 itens dos mais diversos gêneros.

Sua sede administrativa e Centro de Distribuição estão localizados na Avenida João Sanzovo, na cidade de Jaú, e tem 23.000 m² de área construída.

Compartilhe em suas redes sociais!

Sobre o autor
Tiago Penteado Repórter de Segurança, Meio Ambiente e Tribuna no Bairro.

Contato: tiago@tribunadopovo.com.br

Empresa de e-commerce coordena ação colaborativa entre indústrias e supermercados

A venda de itens de supermercados pela internet tem crescido em uma velocidade muito grande nos últimos meses. O novo consumidor quer mais agilidade na busca de itens, não quer perder tempo em filas e, se possível, receber sua compra em casa. Isso já é possível através de sites e aplicativos de celular, como o SiteMercado.

São Paulo, SP

Categoria: Internet

Autor: DINO
Data de Publicação: 05/12/2017

O SiteMercado, empresa de e-commerce especializada em supermercados, lançou recentemente a ação "Prateleira Digital". Essa iniciativa tem repercutido positivamente entre as indústrias e supermercados, pois traz conceitos de colaboração entre as partes, e que geram valor para toda a cadeia no médio e longo prazo.

Na "Prateleira Digital", as indústrias acessam as informações sobre seus produtos disponíveis para venda em supermercados online e podem sugerir atualizações de descrição do item ou mesmo atualizar fotos. "A participação da indústria nesse processo é fundamental pois ela é a guardiã da marca, e sua estratégia de comunicação com o consumidor deve ser executada sem interferências", afirma Rubens Nagao, do SiteMercado.

O SiteMercado tem 120 supermercados online em sua plataforma e, com a "Prateleira Digital", a expectativa é que o reforço das marcas seja maior, contribuindo para o aumento das vendas. Além disso, uma única atualização de produto é replicada automaticamente para todas as lojas parceiras do SiteMercado, resultando em um grande ganho de produtividade.

A venda de itens de supermercados pela internet tem crescido em uma velocidade muito grande nos últimos meses. O novo consumidor quer mais agilidade na busca de itens, não quer perder tempo em filas e, se possível, receber sua compra em casa. Isso já é possível através de sites e aplicativos de celular, como o SiteMercado.

A ação "Prateleira Digital" pode ser acessada por todas as indústrias e seus distribuidores, através do endereço http://ads.sitemercado.com.br.

Website: http://www.sitemercado.com.br

Supermercados esperam crescimento de vendas de 8,34% no Natal

05 Dezembro 2017 15:00

Segundo pesquisa, os varejistas estão otimistas e esperam que as vendas superem as expectativas

Apesar da retomada lenta da economia, os supermercados se preparam para um fim de ano marcado pela estabilidade. A Pesquisa Natal 2017, realizada pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), revela que a projeção do crescimento nominal das vendas no Natal é de 8,34%. Apesar do número ser 1,22% menor em relação ao ano passado, em termos gerais os varejistas estão otimistas e esperam que as vendas superem as expectativas.

A especialista em promoções e precificação, Marcela Graziano, CEO da Smarket, defende que o cenário de estabilidade exige, mais do que nunca, que os comerciantes analisem o comportamento dos produtos para tomarem decisões corretas. "Como a procura por produtos não será crescente, é importante que sejam feitas ações para promover as mercadorias que atraiam os clientes para gerar um maior volume de vendas", ressalta Marcela.

Do panetone ao espumante

Apesar da projeção menor do que a do ano passado, a expectativa dos comerciantes é que as vendas de produtos típicos de Natal, como frutas, panetone e bebidas, cresça em relação à 2016. Para tanto, muitos apostam em promoções que estimulam a compra de determinados produtos – concentrando o lucro na quantidade e não no valor único de uma mercadoria.

Marcela alerta para a realização correta das ofertas: "uma dica importante é não promover absolutamente todos os itens. Por exemplo, se o varejista tiver promoção de peru, chester, cerveja, refrigerante, espumante, frutas secas e todo o mix que é vendido no Natal, como irá recompor sua margem? É preciso escolher com muito critério quais itens terão o papel de atrair os consumidores e quais itens não têm uma percepção de preço tão forte para que, nesses, ele possa posicionar seu preço de forma adequada, mas sem comprometer sua margem".

Para gerar maior lucro e superar a projeção de vendas no Natal, de acordo com a especialista, o segredo é investir em promoções estratégicas, sem correr o risco de perder produtos e incentivar a venda das mercadorias tradicionais da época.

Supermercados Boa inaugura loja em Sorocaba

Com mais de onze lojas instaladas em cidades da região de Jundiaí, a Rede de Supermercados Boa inaugura sua unidade em Sorocaba neste mês de dezembro. Passa a ocupar o prédio onde antes estava instalada a Casa de Materiais para Construções Barcelona, na rua Coronel Nogueira Padilha, zona leste. O empreendimento deverá gerar 250 empregos diretos e indiretos. O estacionamento terá capacidade para 150 vagas. A data exata da inauguração ainda não foi definida, segundo informou o Departamento de Marketing da empresa.

Este é o terceiro empreendimento do setor inaugurado este ano na cidade. Antes, entraram funcionamento lojas da rede Pão de Açúcar e Tauste (a segunda). O vice-presidente da regional da Associação Paulista de Supermercados (Apas), Marcos Leandro Tozi diz que os registros atestam a mudança de perfil do mercado. Até então, predominavam os hipermercados; hoje são os grupos supermercadistas que apostam no potencial de negócios aqui existente.

Sorocaba, diz Tozi, é uma das principais cidades do interior, exemplo de conurbação e, portanto, foco de investimento do setor supermercadista. “Isto porque apresenta boa renda per capita, demografia privilegiada e incentivos municipais atraentes. Além disso, apresenta bom índice de crescimento de mercados de vizinhança, mostrando boas perspectivas de crescimento do ramo.” Esses fatores também orientaram a decisão da Rede Boa. Foi com base em estudos desenvolvidos e análises de público à renda per capta da população, que a marca decidiu basear a primeira filial no município.

Hiper ABC reinaugura a primeira loja da rede aberta em Divinópolis

– 05/12/2017

O Grupo ABC reinaugurou no dia 30 de novembro, sua primeira loja em Divinópolis, o Hiper ABC 1º de Junho. Com a

reforma, a unidade passa a contar com 6 mil m² de área construída, 15 mil itens de diversas categorias, além de 14 checkouts e estacionamento com 100 vagas. Ainda no local, há restaurante, lanchonete, adega, confeitaria, sorveteria, adega e pizzaria.

Neste ano, o Grupo ABC inaugurou dois supermercados em Cambuí (MG), além de um Hiper na região Centro-Oeste de Minas Gerais. Além destas, a companhia confirmou que terá uma nova unidade na cidade de Patos de Minas, no Alto Paranaíba (MG). A inauguração deve ocorrer entre o final de 2017 e início de 2018.

Hoje, o Grupo ABC, com sede em Divinópolis, tem 37 lojas espalhadas em cidades do Centro-Oeste, Sul de Minas, Alto Paranaíba e Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

Shibata supermercados tem nova loja em Suzano

O Shibata Supermercados inaugurou na última semana a sua mais nova unidade em Suzano. O espaço está instalado na rua Campos Sales, 690, centro. A nova loja tem 1.700 metros quadrados de área, 90 vagas de estacionamento, 16 checkouts e setores como açougue, padaria, frios, rotisserie, adega, flores, mercearia e limpeza. Confira quem prestigiou a inauguração!

Paulo Shibata e Rubens Kimoto
Nilton Yuiti Kimoto e Ediel Braz Soares
Marta Garcia, Jairo Marin, Ana Rosa Augusto e Marciel Alves
Fernando Shibata, Osvaldo Kimoto, Rodrigo Ashiuchi, Eric Shibata e Walmir Pinto
Anderson, Marisa e Edson Shibata
Walmir Pinto, Fernando Shibata e Rodrigo Ashiuchi

Hirota Food Express abre segunda loja no centro de São Paulo

A rede Hirota inaugura sua segunda loja na região central da cidade de São Paulo, em 6 de dezembro, num edifício centenário na Praça do Patriarca. Com mais essa loja, o Hirota Food Express, inspirado nas konbinis japonesas, passa a ter duas unidades na região central. A outra loja está localizada no edifício Itália.

“A região do centro histórico de São Paulo tem inúmeros atrativos culturais e arquitetônicos, tanto para turistas quanto para as pessoas que trabalham ou passam pelas ruas. Nossa segunda unidade no centro será localizada num edifício centenário que vai aliar a modernidade da rede com um pouco da rica história da cidade. Imperdível!”, comenta Hélio Freddi, gerente geral do Hirota Food Express.

No mês de dezembro, além desta unidade, outras duas lojas serão inauguradas, uma em Interlagos e outra no SuperShopping Osasco. Para o início do próximo ano mais 5 lojas serão abertas até o final do mês de fevereiro.

Com foco na alimentação saudável, as gôndolas refrigeradas oferecem cerca de 300 opções de pratos frescos, prontos e saudáveis, sem conservantes, preparados diariamente na cozinha central da rede, além de snacks, sanduíches, saladas e sobremesas. A culinária oriental é um dos destaques, com temakis, sushis e sashimis, assim como a linha de pratos funcionais e saudáveis de baixa caloria.

Na loja é possível encontrar o mais recente lançamento da rede: Choux Cream. Sensação no Japão, o doce tem dois sabores: chocolate belga e creme de baunilha e é uma versão do profiterole francês. Outra novidade é o Kombo Konbini, uma refeição completa com prato principal, suco e sobremesa, por R$ 19,90.

Os clientes encontram também produtos importados, cervejas, vinhos, frios, queijos, pães e chocolates também fazem parte do mix. As unidades contam com espaço exclusivo para os produtos Daiso by Hirota, a loja japonesa que funciona dentro da rede com presentes e artigos de utilidade doméstica, em geral, com preços a partir de R$ 7,99.